segunda-feira, 23 de junho de 2014

SIMETRIA AMOROSA




Onde eu começo e você termina?
você e eu
que somos um

corpos mesclados, fundidos
num só corpo que se alimenta
da suave delicadeza do amor

meu rosto, seu rosto
geminados num único olhar
perdidos em nossos olhos

seus braços, meus braços
extensão dos seus
na grandeza de nossos gestos

sua boca, minha boca
no prolongamento de um beijo
desdobrado em paixão

suas pernas, minhas pernas
entrelaçadas no deleite
de se dar sem limites

suas mãos, minhas mãos
no toque de nossos corpos
perdidas em nós

Onde eu começo e você termina?


Ianê Mello

*
Pintura de Yarek GODFREY

(Publicação original de agosto de 2012)

2 comentários:

Danda Oliveira disse...

Linda essa poesia!


meu rosto, seu rosto
geminados num único olhar
perdidos em nossos olhos

leinha disse...

Amei