quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Sentir Poético








Para Clarice Lispector


Escrever é rasgar os véus
Desvendar mistérios ocultos em minh'alma
Desnudar-me de qualquer roupagem
Num livre processo de criação


Ficar nua, alma limpa, exposta
Entregue à fonte que inspira
As palavras a fluirem no branco papel
Linhas do meu interno


Meu mais profundo êxtase
Onde encontro várias faces
E como minhas as reconheço
Próprias de um ser multifacetado


Escrever é transpor fronteiras
Desvelar sentimentos ocultos
Enxergar-me por dentro...
Minha lucidez, minha loucura


Na força da poesia encontro
Alento ao meu intenso sentir
Expressão pura do meu silêncio
No verbo que ganha vida


Ianê Mello

3 comentários:

Cristina Sauer disse...

MINHA QUERIDA POETA E AMIGA DO CORAÇÃO.
COMO COMENTAR SUA OBRA TÃO LINDA , AMOR PURO, VERDADE, QUE VEM DO FUNDO DO SEU ÚTERO DE MULHER POETA.
PARABENS
UM BEIJO
DA CRISTINA SAUER.

AMEI A MÙSICA, POIS TINHA QUE SER VC!

dinha'' disse...

Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Crianças Envelhecem"

http://criancasenvelhecem.blogspot.com/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Dinha".

CÉU ROSÁRIO disse...

Um Ano Novo Magnífico!
A todos os Amigos do Toque de Midas, o meu
eterno agradecimento pelo vosso carinho e amizade.


Volto breve, a partir de Janeiro estarei por aqui
a visitar todos os que muito estimo


Bom Ano 2012


Abraços