quinta-feira, 19 de julho de 2012

ME ESPERA...





Me espera
que eu chego com a brisa suave
com o despertar da aurora
nas asas de uma borboleta 

Me olha
com um profundo olhar
pela primeira vez
em meus olhos de ternura

Me sente
como uma velha conhecida
distante mas sempre tão perto
sempre presente

Me queira
se puder sem medo
na entrega simples
de dois seres
que verdadeiramente são

Me abraça
com a suavidade envolvente
resgatando a espera
desse encontro tão desejado

Me veja
e desvende em mim
os segredos guardados
que agora serão seus


Ianê Mello

*

Foto: Ianê Mello

Um comentário:

Albuq disse...

Ianê são os lindos teus versos! Entrega e suavidade!