domingo, 5 de maio de 2013

APENAS OUÇA





Não, não tires de mim
palavras não ditas
Queres adivinhar o que penso?
Deixes que eu te diga
as palavras certas
e apures teus ouvidos para ouvi-las
Não tires conclusões apressadas
não deturpes em tua mente
minhas palavras
Elas são minhas pois que delas
Apoderei-me ao pronunciá-las
Se não queres me ouvir,
se não te calas por dentro,
como podes compreender
meus sentimentos?
Como podes julgar
minhas intenções?
Teu coração de pedra embrutecido
é meu desalento
fazes-me chorar por dentro
lágrimas em sangue vertidas
pois apunhala-me com tua ira
com tuas palavras nefastas
com o falso orgulho com que
te defendes
Tires tua armadura fora
e sejas gente
Me encares de frente
e enfrentes o medo
Enquanto ainda é tempo
Enquanto ainda há tempo
De tentarmos ser felizes.


Ianê Mello
(23.04.13)

*

Pintura de Klint.

2 comentários:

Luz13 disse...

Gostei do blog. Veja o programa De Olho No Mundo(www.deolhonomundo.com), onde Aline, da Cidade das Pirâmides, analisa a essência humana, o mundo, astrologia, fenômenos ocultos..., em sua plenitude. Nesse vídeo ela fala sobre a libertação das mulheres - http://youtu.be/hJ9gk9Sap4Y - Tenho certeza que você gostará. Abraços.

Solange disse...

lindo isso..

bjs.Sol