sexta-feira, 5 de agosto de 2011

ROLETA RUSSA





Jogo duro
sem regras pré-estabelecidas
Jogo que surpreende
a cada virada que dá
não há que se preparar
a jogada pode ser outra
a virada inesperada
pode dar vermelho ou preto
par ou ímpar
na grande roleta russa
da nossa própria vida
Aposte...
não tem como escapar
viver é um eterno apostar
se perder
tente de novo
se ganhar
saiba aproveitar
a vida é um jogo
que se aprende ao jogar




Ianê Mello

3 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amiga Ianê, teu belo poema trouxe- me a lembrança daquela música que a Elis Cantava:
Nem sempre ganhando
nem sempre perdendo
mas aprendendo a jogar...

Um grande abraço. Desejo-te uma linda sexta-feira.

Ianê Mello disse...

Boa lembrança, amigo.
Um belo final de semana.

Bjs.

Marta disse...

Ás vezes, pensamos que perdemos tudo....mas há sempre surpresas, momentos felizes que nos ajudam...
Brilhante...
Apareça no Minha Página...
Beijos e abraços
Marta