segunda-feira, 8 de março de 2010

Homenagem à Mulher

 

Em homenagem à mulher, me utilizo das sábias palavras de Anais Nin

 


"Um homem jamais pode entender o tipo de solidão que uma mulher experimenta. 
Um homem se deita sobre o útero da mulher apenas para se fortalecer, ele se nutre desta fusão, se ergue e vai ao mundo, a seu trabalho, a sua batalha, sua arte.
Ele não é solitário. Ele é ocupado. 
A memória de nadar no líquido aminótico lhe dá energia, completude.
A mulher pode ser ocupada também, mas ela se sente vazia. 
Sensualidade para ela não é apenas uma onda de prazer em que ela se banhou, uma carga elétrica de prazer no contato com outra. 
Quando o homem se deita sobre o útero dela, ela é preenchida, cada ato de amor, ter o homem dentro dela, um ato de nascer e renascer, carregar uma criança e carregar um homem. 
Toda vez que o homem deita em seu útero se renova no desejo de agir, de ser.
Mas para uma mulher, o climax não é o nascimento, mas o momento em que o homem descansa dentro dela."
Anais Nin

Parabéns à nós mulheres, pela nossa garra, força e coragem!
Com meu carinho à todas que daqui participam como amigas e leitoras.

 Ianê Mello


6 comentários:

Lara Amaral disse...

Amiga, vc tbm fez uma linda escolha de texto para postar aqui em nossa homenagem.

Beijos e feliz dia para vc!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Ianê
Parabéns pelo "Dia da Mulher". Sucesso sempre.
Beijos

marinaCavalcante disse...

Obrigada, Ianê!
E, que sejamos mais fortes
a cada dia; a cada luta.
Grande abraço!

Ianê Mello disse...

Lara,

Anais Nin expressa muito do que eu sinto.

Beijos.

Ianê Mello disse...

Wanderley,

Obrigada.

Beijos.

Ianê Mello disse...

Marina,

é assim que deve ser, querida.

Beijos.