sexta-feira, 1 de julho de 2011

ÍNDIA TUPINIQUIM



Para a amiga Giselle Serejo






Índia tupiniquim
da pela morena
da boca pequena
de gosto de mato
de olhos tristonhos
de mundos de sonho
quereres de viver
se banha nos rios
no doce das águas
seu corpo perfuma
frescura em flor
em floresta encantada
vives a solidão
nas  árvores altas
nas folhas ao chão
índia, sua beleza
está na clareza
de seu caminhar
passos firmes e cadentes
olhos no horizonte
e logo bem defronte
quando pressente o perigo
de tocaia, faz seu abrigo
pois presa indefesa não será
orgulhosa de seus antepassados
índia assume sua natureza
e nela resplandece
a beleza da mulher




Ianê Mello




(Você pediu, aí está. Gi, com meu carinho e amizade, Bjs.)

4 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Muito tri, amiga Ianê!
Um abraço fraterno.
Tenha um bom finds.

Long Haired Lady disse...

bela homenagem!

Ana Tapadas disse...

Está muito lindo!

Querida Ianê, muito eu gostaria de poder colaborar e de andar por aí na net em comunidades de amigos...ah se gostava! Mas a minha neste momento está difícil.

Beijinho e obrigada pela generosidade

Ianê Mello disse...

Obrigada, amigos, pela presença e comentários.

Grande abraço à todos.