terça-feira, 1 de dezembro de 2009

No Escuro do Silêncio







Nem tudo que calo

eu consinto

apenas não falo.




Ianê Mello




8 comentários:

Lara Amaral disse...

Exato! Chegou no ponto certo.

Adorei! =)

Beijos.

Marcelo Novaes disse...

Ianê,




Às vezes é mais prudente.


Os que falam pagam um preço por isso.



Tu sabes...








Beijos,








Marcelo.

AnaMar (pseudónimo) disse...

Tão curto e tão belo.
Uma prova que bastam algumas letras mesmo que poucas palavras para que a poesia aconteça.
Um pensamento magnífico
.
Bj

Ianê Mello disse...

Lara,

fico feliz!

Beijos

Ianê Mello disse...

Marcelo,

e como sei...

A vida me ensinou issso.

Beijos.

Ianê Mello disse...

AnaMar,

feliz em tê-la aqui.

Obrigada.

Beijos.

Kanauã Kaluanã disse...

Imagem tremenda!
E tuas palavras foram profundas como um grito! Vão ecoar sempre.

Adorei, Ianê.

Beijos.

Ianê Mello disse...

Obrigada, amiga!

Fico feliz !

Beijos.