quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Iceberg







Sabe o que eu gostaria?

De em alguns momentos me sentir

Completamente fria.




Ianê Mello 




17 comentários:

marinaCavalcante disse...

Também gostaria, Ianê.

Poder ser alheia quando deveria...
mas, o que posso fazer?!
Sou movida a emoções, calor,
brasa, fogo, paixão. =)

Abraços!
Passa lá de novo que eu refiz
a postagem.

Akhen disse...

Ianê

Para quê?
Para depois se arrepender e dizer "afinal não deveria ter sido assim"!
Há sempre formas de evitar seja o que for sem sermos totalmente frios.
Sabe porque coloca a interrogação?
Porque a sua alma não consegue ser como o icebergue da foto (apesar de lindo).

Paz e Luz no seu caminho

A.S. disse...

Ianê... Um verdadeiro fascinio este teu belissimo espaço!!!

Beijos...
AL

Felipe A. Carriço disse...

Certamente seria mais fácil... e sem graça.

Norma Villares disse...

Caminheiro(a) de evolução,
Uma pessoa sábia encontra seu verdadeiro lugar no mundo, e vive de acordo com o que o destino lhe reserva. Sua força interior alimenta suas ações e todas as pessoas beneficiam com elas.
A chama energética do ser humano de consciência elevada espiritualmente espalha-se além de suas ações no mundo. Aquilo que é invisível e não possui substância física, não tem significação se não influenciar o aprimoramento das ações do homem e de outras pessoas. O sucesso vem para os humildes de alma e coração, que oferecem seus sacrifícios para maior benefício de outras pessoas no mundo.
Que a força e a luz do Cristo que tudo permeia no Universo, posso envolver você e sua família neste Natal. E que esta energia perdure por todo ano de 2010.
Feliz natal!
Ano Novo de muitas realizações
São os votos sinceros
Sublimes abraços.

Lara Amaral disse...

...Pois eu não padeceria
da pulsação inclemente
de quem o amor não sente.

Versinhos para ti =)!

Beijos.

Ana Tapadas disse...

Mas esse gelo do iceberg «queima». Já experimentou tocar no gelo?
bj

Ianê Mello disse...

É, Marina, temos a mesma natureza.

Vou passar sim.

Beijos.

Ianê Mello disse...

Akhen,

você leu a minha alma.

Sei que não consigo, vai contra minha natureza.

Paz e Luz, querido!

Beijos.

Ianê Mello disse...

A.S.,

fico muito feliz que o sintas assim.

Volte sempre.

Beijos.

Ianê Mello disse...

Felipe,

voc~e acha que não sei disso?
rsrsrsrs

São só divagações...

Beijos.

Ianê Mello disse...

Norma,

agradeço a visita e a linda menmssagem.

Que o novo ano seja repleto de boas energias para você e todos os seus.

Grande beijo.

Ianê Mello disse...

Lindo, doce Lara.

Beijos, querida.

Ianê Mello disse...

Ana,

excelente observação.

Realmente o gelo queima.
Por que será que escolhi essa imagem?...

É uma contradição que revela o que não posso ser, pois contrário a minha natureza.

Bela interpretação, querida.

Beijos.

Renata de Aragão Lopes disse...

Compreensível...
Arder demais cansa.

Um abraço,
doce de lira

Ianê Mello disse...

É verdade,Renata,as emoções muito intensas desprendem muita energia e podem levar ao desgaste.

Obrigada pela visita.

Beijos.

O Renascimento da Vênus - Mamafrei disse...

Frieza: um turbilha de emoção comprimida!