sábado, 12 de dezembro de 2009

Apenas uma palavra




E o amor?
Para onde foi?
Se perdeu na palavra?

Numa casa vazia
No lugar de um só
Sentimento escondido
Do mundo suprido
Por coisas ocasionais
Banalidades da vida

Vida apressada
Onde não há tempo
Pra mais nada
E o amor tempo requer
Para que se faça
e se instale e cresça
tornando-se em si morada
O amor requer cuidados
que a dedicação exige
e para isso é preciso
estar inteiro e envovido
Mas o amor se perdeu
na palavra vulgarizada
e pelo tempo esquecida
que de tanto pronunciada
deixou de ser sentida


Ianê Mello

Ouça: Ennio Morricone - Playing Love

3 comentários:

Felipe A. Carriço disse...

Imaginei o amor como o filme "Esqueceram de mim", com as mãos no rosto, gritando!

Ianê Mello disse...

Felipe,


você tem um ótimo senso de humor...kkkkk


Beijos.

Ribeiro Pedreira disse...

A palavra ficou vulgarizada por quem a usa indevidamente. O sentimento padece mas não morre.