terça-feira, 6 de outubro de 2009

Simples Desejo



Ah...como eu queria
embebedar-me de alegria
Encontrar a fonte escondida
e dela sorver a vida
Em cada gole do mais puro vinho
como um ébrio me sentir
Embriagar minha alma
e seguir por aí com calma
trilhando meu próprio caminho
Sentir-me como uma criança ao descobrir
a sua bala preferida
dela sugando todo o doce
E ao saciar meu desejo,
de repente, num lampejo,
sorrir do mais puro prazer
sentindo o que é viver
a simplicidade da vida.




Ianê Mello

Um comentário:

Multiolhares disse...

Nunca devemos perder o sorriso , ele esta no ser das crianças e libertam a alma
beijo