sábado, 31 de outubro de 2009

Nos braços do (a)mar



Ouça: Relaxamento Oceano



Em terra firme me encontro
olhos perdidos no mar
O mar a quedar-se
em densas ondas
solitário e profundo azul
convida-me à um mergulho
e em mim mesma temo
ser tragada por suas
misteriosas águas



Tentadora é sua proposta
como música em meus ouvidos
a clamar pelo meu nome
ao bater-se rudemente
contra as pedras
elevando-se em gotículas
que respingam em minha face
Brancas espumas se formam
ilusórias torrentes de paixão




O mar...
Em seu canto de sedutora beleza
instiga minha natureza
à seus mistérios desvendar
entregando-me em seus braços d'água
como uma sereia a cantar
Infinito e sem dono
quer meu dono se tornar
Que me perca em suas águas
em minha frágil finitude
para nunca mais voltar




Ianê Mello


6 comentários:

Nunes disse...

grato! Ianê vc é muito qerida viu!

fico feliz q tenha gostado ^^
tenha um otimo finds

bjo_na__alma!

Ianê Mello disse...

Obrigada, Saulo!

Um excelente findi pra ti também.

Beijos.

Loquenecesitas disse...

me encanto tu blog me voy a hacer asiduo a el saludos

Ianê Mello disse...

Obrigada pela visita e comentário.

Ficarei feliz que me acompanhe pelos labirintos de minh'alma.

Felipe disse...

Gostei! Gostei muito mesmo desse aqui! Subjetividade sempre é o carro-chefe! ;-D Hehehe

Ianê Mello disse...

Lipe,

estou muito feliz em tê-lo aqui.

Beijos com carinho.