quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Meu Remanso




Em teu peito,
meu descanso
...adormeço
no encanto
do amor puro
E nas asas
da poesia
eu me lanço...
quando amanhece
mais um dia.




Ianê Mello






Ouça: Pedro Camargo Mariano "Acaso"

8 comentários:

IVANCEZAR disse...

Iane:

Em "plenitude no olhar" desafias o pássaro a voar ...
Aqui teus versos voam , nas asas da poesia ...
E nós, nos deleitamos com teu Blog, meus parabéns !

Tiago Moralles disse...

Na esperança das manhãs nunca mais acabarem.

Marcelo Mayer disse...

em teu posto, me posto

belo!

Adolfo Payés disse...

Hermoso tus post te leo y me quedo en silencio, disfrutando de tu escritos..

Todo un placer visitarte..
Un beso.

Un abrazo
Saludos fraternos...

Ianê Mello disse...

Ivan,

fico feliz com sua presença e seu comentário sempre positivo.

Boa observação com relação ao voar, presente nos dois poemas.

Volte sempre!

Beijos

Ianê Mello disse...

Tiago,

que as belas manhãs sempre aconteçam para todos nós.

Estou te seguindo no teu blog.

Seja bem-vindo sempre.

Beijos

Ianê Mello disse...

Marcelo,

todos somos merecedores e devemos buscar um remanso, um abrigo, onde repousar e renovar nossas energias.

Mas, só podemos encontrá-lo fora de nós, na medida em que o tenhamos dentro.

Muita Paz pra você!

Sempre serás bem-vindo aqui.

Beijos

Ianê Mello disse...

Paez,

o silêncio é reflexivo e isso é bom.

Fico feliz que te sintas em paz aqui.

Obrigada pela presença.

Un abrazo e salutos fraternos.